estrela de natal como cuidar

estrela de natal,      estrela de natal

Estrela de Natal é uma planta de dias curtos floresce no Inverno que coincide com o Natal.
Existe em várias cores mas a preferida é a vermelha.
As folhas vermelhas (brácteas) aparecem a partir do Outono até ao final do Inverno.
As aves não são sensíveis a aromas e são atraídas pela cor vermelha.

As flores da Estrela de Natal, muito pequenas e amarelas, surgem no interior da coroa formada pelas brácteas vermelhas e não têm valor ornamental.

No seu ambiente natural pode formar um arbusto até 3m de altura.
Origem: México

Luz: Deve receber muita luz, mas não sol direto, exceto em períodos do dia em que este seja fraco.

Temperatura: Precisa da temperatura amena do interior das casas.
Não pode ser exposta ao frio (“nem 1 minuto”) nem a mudanças bruscas de temperatura.
A exposição ao frio exterior pode causar um choque térmico irreparável.

Umidade: Necessitam de ambiente úmido. O ar demasiado seco provoca a queda e amarelecimento das folhas.
Pulverizar com água desmineralizada, à temperatura ambiente. Pulverizar as folhas e não as brácteas para que estas não fiquem manchadas.

Rega: O ponto fraco desta planta é principalmente a rega. O excesso ou a falta de água provocam a queda das folhas.
Deixar a camada superficial secar parcialmente antes de regar. A planta recupera melhor da seca do que do encharcamento que apodrece as raízes. Diminuir a rega no Inverno. Na época de floração e crescimento deve ser regada com maior frequência.
deve ser regada por baixo colocando o vaso num prato com água durante cerca de 15 minutos.

Deve estar abrigada das correntes de ar.
Se as folhas verdes se tornam claras é sinal de que precisa de mais luz. Se as folhas se tornam amarelas ou acastanhadas é sinal de exposição a ar muito seco ou temperatura muito elevada. Espécie altamente venenosa.
Quando a floração termina e a planta entra em fase de repouso /perde as folhas e torna-se pouco atraente. Se quiser manter bonita até ao próximo Natal pode-a bastante, até 12 cm da base, coloque-a num local um pouco mais fresco e menos luminoso e regue muito pouco.
Adube quinzenalmente até ao final da floração com adubo líquido para plantas de interior diluído na água da rega.

No Verão a planta pode ser colocada no exterior mas no início do Outono deve regressar ao ambiente protegido do interior das habitações.
Para que floresça no Natal não deve receber luz pelo menos durante 14 horas por dia (escuridão total) a partir do fim de Setembro, início de Outubro. 
Com menos  de 8 horas de escuridão total a planta cresce, mas não dá brácteas vermelhas nem floresce. Durante o dia deve estar exposta a ambiente luminoso.

Comentários:

 
BLOG DA TIA DÊ © Copyright | Template By Mundo Blogger |